Saturday, June 03, 2006

What's the difference?

Quando te perguntava, tu dizias sempre ou quase sempre Ela diz que sim... e eu acredito. Quando me perguntam, ou quando isso está em questão eu digo Sim, eu sei que sim. Porquê essa diferença? És tu que és assim? Será ela que é diferente dele na maneira de o mostrar. Bem, isso já concordámos que sim. Mas tu tens mais bagagem que eu, e mesmo assim não mostrar esse "saber". Mas eu sim. Eu não duvido. E chego a afirmar antes de me perguntarem. Não como uma presunção, mas como uma certeza. Uma certeza.

2 comments:

xary said...

quando dizemos acreditar, com toda a certeza que temos (que podemos ter), formamos não só a própria certeza mas a possibilidade de nos tentarem desacreditar. de deitarem tudo por terra. apresentam-se as duas caras: crença e descrença. talvez seja por isso que alguns parecem mais timidos nessa afirmação. porque conhecem o outro lado. porque essa bagagem, como tu lhe chamaste, já lhes mostrou o risco. há quem goste de se resguardar. e consequentemente resguardar o que tem. não se sabe - com certeza - o que funciona melhor. mas com certeza há muitas diferenças, desde que cada maneira de ser se ajuste à pessoa e relação em questão, desde que não existam vácuos no meio.

tu não duvidas, eu também não. mas há dias - poucos dias - em que também me apetece dizer acho que sim. e ha' um sussurro dentro de mim que diz o resto, afirmando-o.

beijo grande :)

Tati said...

?