Friday, June 30, 2006

again...

pois. a foto que eu tenho na secretária é igual àquela ali.
é, desde que o tio morreu que ela não a tira dali.

três pares de olhos entreolham-se naquela já conhecida cumplicidade. enchem-se. e vagueiam pelo meu quarto. param na fotografia. mãe sai. mas tia fica.

é assim, não podemos fazer nada.

olhos vermelhos aos quais me dirigo. abraço apertado. daqueles que já conhecemos de cor e já sabemos as palavras que os acompanham.

agente chora, mas não vale de nada. e ele já tem campa. esperança, ele já tem campa.

e sai do quarto. onde fico sozinha. sozinha. e olho para a foto. e penso que desde dia 7 de fevereiro ela só saiu dali para dentro dum livro.



4 comments:

sancie said...

There's a world of love in that picture. More than the tears, and the pain, just love. That's as much a legacy as any of us may wish to leave, bee. truly.

huge kiss***************************

joana said...

totally what agnes said!

feel the love around, remember the love in the picture... cherish all that you can, try to smile along with the tears... on step at a time... think tea! (don't know if that made any sense)

*and we'll still here... always! ;)

****************************************************

xary said...

situação complicada, estranha. ainda. indeterminada. mas como já foi referido, há amor. ainda resta amor. e por mais lágrimas que deixes cair ou ampares, o amor brilha ainda. na fotografia. na figura. em ti.

beijo grande*

[i know you're strong ;)]

Tati said...

stand up little girl is time to let go...
whatever brings you tears of sadness or emptyness is not good...as long as that picture doesn't bring you all those stuff that's ok...if that picture gives you happiness then that's ok