Tuesday, April 04, 2006

They call it happiness...

[bitter. remy zero]


Sente-se nos músculos. Já não sei andar. Desço as escadas aos pulos. Mãos no corrimão. Balanço. E salto. Não ando para a garagem. Salto. E meto-me com o cão. E sente-se nos músculos que não sossegam.

As pernas não ficam quietas, nem quando estou sentada. Elas têm música própria e dançam. Bato com o pé no chão. Agora os dois. Gosto da música. A cintura abana. Mesmo sentada. A cabeça. Não cabe dentro de mim. Sono e corpo cansado. Mas alegra-me o corpo. Anima-me a alma. E põe-me sorrisos na cara. E sente-se.

Acorda-se de manhã sem medos. Ou com pequenos medos sem os quais já não sei viver. Mas acorda-se e a recção não é temer. É sentir. É querer. Viver. Aceita-se porque sim. Aprende-se. Sofre-se. Cura. Vive-se com isso. Amo-te sempre e sempre serás querido. Mas. Chegou a altura de me levantar da cama sem lágrimas e sem vontade de as derramar.

As pernas não param. (querem andar, vento. pelo quintal. quantos anos? oh, casa verde.) Sorriso. (ainda) Espelhas. Oh casa verde, casa verde. Que já não saio de casa sem olhar bem para ti. Que já não vou à cozinha sem te espreitar. Vi o teu carro.

Sente-se a música no corpo. Definintavemente gosto desta música. Just one more day when it's already been too long. E mexe-se com a música. Só mesmo pelo sentimento.

Casa verde.

E tu. Tu. Tu. Tu. Que fazes ainda aqui? Sou eu que não te quero longe? Sou eu que gosto de te ter (tão) perto?. Tu, tu, tu... Não sais, não. E não sei porquê. Oh, deixa-te estar. Fazes-me bem. E não me fazes mal. Deixa-te estar. Por perto. Sempre por perto. Just in case.

Ah, e já disse que se salta? E que não se descem as escadas, mas que se pulam? Mas não disse que se faz o jantar a cantar. E que no autocarro, as pessoas olham para nós e só depois percebemos que elas nos olham por estarmos sozinhos e a sorrir. Ah, sim, minha senhora, estou feliz! Era isto que se devia dizer.

Quando estamos tristes, sabe-se logo. Vê-se. Mas quando estamos felizes, pensam que estamos malucos, ou que não joagamos com o baralho todo.

Haha. Antes passar por maluca do que passar por triste.


No more sad eyes, bee. Your moment is now. You just wake up and smile. Waiting for something else.


[bitter. remy zero]


marinocas marocas :)



5 comments:

xary said...

and i'm feeling good

right? :)


they sure call it something. may it be happiness. may it last for a very good while. may you smile and float and look deviously insane. better that way.

e esses olhares são inveja. porque não é apenas a tristeza que se vê. e alegrias/felicidades assim são sempre tentadoras a outros. e também gostaríamos em certos dias de ter um pedaço.

we are feeling good :)

beijo grande*

Rogério said...

Tu própria dizes k a vida: "É sentir. É querer. Viver. Aceita-se porque sim. Aprende-se. Sofre-se. Cura. Vive-se com isso." Com tudo, e também com a morte, vem o nascer de um novo dia; amanhã vai trazer sempre coisas boas e coisas menos boas, mas com força enfrentamo-las. Sempre de cabeça erguida e nada de lágrimas nos olhos.

"Acorda-se de manhã sem medos."

mai nada! LOL.

bjs

************************** :)

joana said...

The wonderful thing about Tiggers
Is Tiggers are wonderful things
Their tops are made out of rubber
Their bottoms are made out of springs
They're bouncy, trouncy, flouncy, pouncy
Fun, fun, fun, fun, FUN!
But the most wonderful thing about Tiggers
Is I'm the only one

(Winnie the pooh), cm dizes-te o salta o p pula, lembrei-m...

---------------------------------------

It's a new dawn
It's a new day
It's a new life
For me
And I'm feeling good

(who else? - michael buble)

----------------------------------------

that's the spirit, bee! e k pensem k somos doidos (ou esquisofrénicos!)... tb n tão mt longe da verdade ;)

******************************************

joana said...

(fritos ao poder!)

*************************************

sancie said...

LOL!!!

Crazy, crazy people!!!!!! :D

A post filled with energy, god, it's almost alive!!!!!!!

"carpe diem! even if it kills u"

;)*****************