Friday, April 28, 2006

Abraço-te...

Quando precisar, faço de conta que sinto os teus braços. Porque mesmo longe me abraças. E mesmo distante estás comigo.

Quando precisar, fecho os olhos e sinto o teu toque, a maneira como agarras a minha mão e me olhas nos olhos, como a investigar se estou mesmo bem.

Quando precisar, penso na segurança e na protecção que me dás. Contigo, nada é difícil.




3 comments:

joana said...

stop, you evil bitch! (miss piggy's or phoebe's voice)

that's so cute!... oooooooohhhhh (that's really, really cute...)...now I wanna hug you!

***************************************

xary said...

é esse o espirito :)

hmmm...


BIG HUUUUGGGGG

:)

beijo grande*

Tati said...

aaaaaaaai o amori!
amori amori!é como la pasta!(ou talvez nao mas que ha mt spaguetti pelo meio há!capiche?)

oh well I need sth funny(it is funny on my mind ok?)to escape ein bisschen desta lamechisse toda senao fiko so c suspiros k nem pita!(«ai ela é isso?» como tu dizes...és lamechas és mas soms todas ai éke ta o mal pa!opa!assim tams tds paki a suspirar xego eu e voces:aahaha k engraçado...-yeah right in my dreams lol)

seca and always seca
a piadinha k axa k tem graça
tats*