Tuesday, October 31, 2006

powerless

e quando atravessei o portão já estava a chorar. tinha pousado os olhos na árvore. onde debaixo dela nos tínhamos despedido naquela primeira noite. tinha olhado para o lado da árvore onde me deixas tantas noites. e chorei. chorei por ontem. chorei por nós. chorei por mim. sem poder nenhum. chorei. só queria enfiar-me na minha cama e ficar ali. quieta. sem poder nenhum. sem poder no resto dos nossos dias. na nossa vida. sem poder. enfiar-me na cama. sozinha. contigo no pensamento. com o nosso amor preso a mim.


não, não tenho dúvidas. nem agora.


2 comments:

xary said...

há alturas em que só se pode (se consegue) chorar. deitar tudo e mais alguma coisa. para depois sorrir com mais força. mais certeza. a garra de sempre.

fight, fight, fight

:)

beijo grande* [ ]

joana said...

porra! sua choramingas! tas pior k a emma watson a representar! piegas! ;P

mas será preciso tatuar-te a testa para tu meteres de vez nessa cabeça k tu vais passar o resto da tua existencia com o teu namorado daltonico e os teus pratos coloridos????? ;D

************************************