Tuesday, January 31, 2006

Metade da metade

E assim matas-me. Com metade da metade da metade que há para dar e para conhecer. Metades tão grandes e tão cheias que penso no que me irá acontecer quando deixarem de ser metades das metades. Pára! Não vês que me afogas em ti? Queres que morra? Morri. Afogada nessas metadas (in) completas. Com tão pouco sinto-me com tanto que penso no que me irá acontecer quando tiver muito. Pára! Não vês que estou cheia de ti?

Se com metade da metade da metade eu transbordo...

Se com metade da metade da metade me (pre) enches desta maneira...

Tenho medo de ti. De tudo isto. Tenho medo da metade. Tenho medo do todo.

Sim, medo. E não. Não te temo. Abro-te os braços, contemplo-te. Sim. Dás-me metade da metade da metade, e eu a ti, só a ti, dou o mesmo. E vamos aumentado o tamanho das metades, e diminuindo o seu número. A ti. Só a ti. Eu dou.

Dás-me? Recebo. De sorriso pronto e eu, pronta. Só a ti.

Metade da metade da metade. Parece pouco. Sinto-me cheia. Bolas, que é muito para ficar aqui dentro. Não consigo. Não quero. Toma metade. Sim, a ti, só a ti, eu dou metade. Toma metade.

Metade.

7 comments:

joana said...

como é lindo o amor....

como é lindo o dar e receber... (a bela da mensagem cristã)

ironias à parte, o que descreves é uma grande verdade, por vezes o que parece ser tão pouco é o suficiente para nos preencher e nos fazer felizes... até mais do que isso, é também ao dares que acabas tu mesma, na singela alegria de dares e retribuires ao outro, por te preencher...

é em sociedade e é no amor que nos preenchemos de sentimento e significado

que a tua taça possa sempre tranbordar...

xary said...

a sério. isto já chega. já entendemos. escreves muito bem. transmites ainda melhor o que queres dizer. agora pára lá com a brincadeira e esquece isto :P

lindodemaisparamaispalavras.

beijo grande*

continua com estes textos, estou a gostar muito de conhecer a tua escrita :)

sancie said...

Beautiful, Bee :)
The way you write, the things you write...
I'd say this blog thing turned out to be quite the good idea ;)

*********

eli said...

dá e recebe, e não tenhas medo. é tão bom podermos dar algo a alguém e receber algo em troca. não interessa quantas metades e o seu tamanho, interessa é o que se dá. e tudo que gira à volta.
bonito texto.
bjinhos

Claudia said...

Mto bonito o texto, aliás como todos os textos ke postaste aki.

Mts bjinhos ***** =P

Joana - slut ;) said...

Adoro a maneira como escreves. És tão expressiva... Todos os textos que li aqui são breathtaking. Pergunta / resposta... ritmo frenético gajah!
Ah, acreditas que visualizei mesmo as metades??? lool

Vive l'amour!!!!

Jokinhas

anokas said...

Adorei como te adoro a ti, e acredita que foi muito.