Sunday, January 29, 2006

Apenas por necessidade

Voltou em mim e para mim esta vontade (quase insaciável) de escrever.
Há quanto tempo? Não faço ideia, mas não demasiado. O suficiente para ter crescido (e aqui nunca o suficiente) e ter aprendido.

Deu-me para isto agora, para pensar em coisas com (sem) sentido para escrever. Estas palavras sempre aqui andaram à deriva a espera de algo (alguém?) que as soltasse. Ah sim, cá estão elas, em mim, sempre em mim... E que bom que é! Sorrir e escrever. Escrever. Algo (muito? pouco?) em mim mudou.

Sim.

Penso nisto (no que estou a pensar agora) e sorrio. Penso? Nada disso...sinto muito mais do que penso. Olho para trás (literalmente) e o que vejo? Já não está lá. Eu tirei. Sim, eu. E volto a sorrir. Foste tu? Não. Fui eu. O que tu fizeste foi depois de eu ter feito. E tu o que fizeste? Muito? Pouco? Não importa. Fizeste. E volto a sorrir. Olho outra vez para trás (outra vez literalmente) e o que é que está lá? Eu. Sim, eu. Mas não aquele eu. Outro eu. Melhor? Pior? Melhor, sim. E volto a sorrir. E escrevo cada sorriso meu. Sim, bolas, como tinha saudades disto!

Porque é que estou agora a escrever isto? Porque sim. Porque isso basta.

Porque finalmente, escrevo e sorrio. Ao mesmo tempo. E não quero parar.

Escrevo (ou tento)

Sorrio (muito)

:)***

10 comments:

sancie said...

Loved it! It's not so much that we change but that we keep smiling. Don't you ever stop;)

sance

Sari said...

e sorri! porque mesmo q não escrevas saberemos quem és por sorrires.

**

roger said...

tu andas a sorrir k te fartas n? LOL. espero k continues assim. se depender de mim e dos teus amigos... bjs

Cláudia said...

LOl eu agr estou a escrever este comment a sorrir. Engrançado, nao? "escrevo e sorrio" =DD

Tens uma forma mt especial de expressar as tuas emoções, consegues fazê-lo tb em quem lê o ke escreves. Mto bonito o texto, gostei msm!

bjinhos linda

xary said...

o acto de sorrir já é algo mesmo característico em ti e espero que daqui para frente se conheça também um acto de escrita da tua parte capaz de te identificar da mesma forma.

sabes o estranho? também tenho imensa vontade de escrever. e tu que passeias no meu canto podes te perguntar "mas escreves" e eu respondo-te "não é a mesma coisa". e no entanto, sacia. e procria mais "necessidade de escrever", mais amor pelas palavras :)

keep on smiling! *

marina said...

Xary, entendo muito bem...parace que quanto mais se escreve, com mais vontade se fica!

Escrever, apenas por escrever, porque as vezes temos tantas palavras cá dentro né? estas cabeças não param um segundo e sabes muito bem do que estou a falar...

Eu também sou assim, mas tenho um lado bem diferente do teu =P

bigada plos comentarios!!*****

eli said...

escreve á vontade, se tens vontade.escreve o que quiseres.
bjinho gande

joana said...

cristo senhor, mais uma com o "teclado mental" ;p

percebo o que dizes, é fantástico podermos olhar para trás e apreciar todo o processo de metamorfose por que passamos, e é com orgulho(?) que o queremos mostrar ao mundo, no teu caso aqui pela escrita...

quanto ao sorriso, esse já é (felizmente) a tua assinatura pessoal, um traço caracteristico que acaba por, de certa forma, iluminar o dia de quem se cruza contigo...

so keep on writing/smilling "and be you blithe and bonny"

bjokas

Astro Friend said...

Love is the air...

Estás mesmo apaixonada! E é tão bom, não é? Eu sabia que ias ficar assim. Para mim, és transparente! Lol

Acerca do teu escrito... Palavras para quê? Já quase as "gastaste", lol! Estou a brincar. Está muito bonito, também.


Beijinhos,

Astro Friend.

Martinha said...

sorriso e escrita estão apertados num abraço só e apertadinho. não vivem um sem o outro. compreendi essa comunhão e essa vontade que não pára de escrever de forma a alimentar um sorriso que só cresce amando letrinhas... muitas e todas juntas...

gostei mt.

beijinhos