Monday, January 29, 2007

a tua ausência...dói-me...

a tua ausência é. em cada momento a tua ausência.
não esqueço que os teus lábios existem longe de mim,
aqui há casas vazias. há cidades desertas. há lugares.

mas eu lembro que o tempo é outra coisa, e tenho
tanta pena de perder um instante dos teus cabelos.

aqui não há palavras. há a tua ausência. há o medo sem os
teus lábios, sem os teus cabelos. fecho os olhos para te ver
e para não chorar.


José Luís Peixoto

6 comments:

xary said...

boa descoberta, esta.

"há lugares", coisas sem nome. só coisas. toda a ausência apanhada nas palavras dele. wouldn't you say so?

quem diria.

gosto. e pronto. é isto.


beijo grande * [ ]

joana said...

wow... lindo!

mesmo... oooooooooooooh!... GUM!!

****************************************

Sari said...

ai ze ze...

:$


*

[[ ]]

Marroka said...

Muito bom!

[[**]]

anokas said...

my favourite writer. dont steal it from me! =)

its a great piece of work.

~~~*****

MalucaResponsavel said...

José Luís Peixoto é maravilhoso. gst bastante da sua escrita. as suas palavras fazem td o sentido, n fazem? bj