Wednesday, February 01, 2006

A Estrelinha

E há coisas que são assim. Não, minto. Tudo é assim. Passageiro. Hoje azul, amanhã rosa. Com tons de verde ou laranja. E porque o brilho muda. Pouco. Muito. Mas muda.

A estrelinha estava lá. No céu. Sozinha. O brilho chegava às outras estrelas que não a entendiam. Ou não a queriam entender. Porque és assim?, perguntavam elas. A estrelinha sorria, sou assim porque sou.

Estava sozinha. Isto já foi dito. Com tons de laranja. Às vezes a Lua. Outras o Sol. Frio. Quente.

Porque é assim que é. Porque é assim que tem que ser. Pequeno. Grande. Pouco. Muito.

Porque és assim? Sou assim por que sou. Amanhã posso não ser. As outras estrelas não compreendiam. É assim. Há estrelas que não tentam. Muitas não compreendem.

A estrelinha estava sozinha. E via as outras estrelas. Brilhos únicos, próprios, distintos. A estrelinha tentava compreender. Ela tenta. Muito.

São poucas as estrelas que tentam. Mas as que tentam são as mais sortudas. Com tons de vermelho.

Porque somos assim? Perguntaram, uma vez, as estrelas umas às outras. Tentaram responder. Pensaram. Ponderaram. Analisaram. Frio. O brilho esmoreceu. Com tons de verde.

Perguntaram à estrelinha. Porque és assim? Ela sorriu, sou assim porque sou. Quente. Brilho. Com tons de laranja.

6 comments:

xary said...

e que a estrelinha continue assim, igual a quem é. em tons do que quiser. porque como dizes tudo muda e o tom não precisa necessariamente de ser o mesmo. desde que seja o dela. que retenha a essência :)

beijo grande*

twinkle twinkle little star ;)

sancie said...

Como disse a xary :)

Beijos grandes*****

eli said...

o exterior não interessa, por mais que mude, o interior continua o mesmo.
bjinhos

joana said...

a xary falou, ta falado!

adorei! achei mt mt mt fofo...

bjokas

Anonymous said...

"oohh I'm an alien, I'm a legal alien (...) Be yourself, no matter what they say!..." ;D
*****=)
[Landa=p]

Martinha said...

gosto das estrelinhas às cores :) gosto muito. quase que brincam com quem lê :)

beijinhos